7 ATITUDES QUE O TERAPEUTA DEVE EVITAR EM EVENTOS DE MASSAGEM

Eventos de massagem são ótimas oportunidades para colocarmos em prática nossos conhecimentos, mas são necessários alguns cuidados para nosso sucesso.

Logo quando finalizamos algum curso de massagem, seja ele de nível técnico ou livre, queremos praticar a técnica e participar de eventos para além do cachê (nosso sustento), ganharmos experiência para futuros eventos e projetos particulares. Porém, algumas atitudes podem prejudicar a nossa imagem e planos para nossa carreira como terapeuta de sucesso.

Ao término deste artigo, deixe seu comentário e nos ajude a chegar a um consenso sobre as melhores práticas durante um evento de massagem.

1. CHEGAR ATRASADO NO EVENTO

Sabemos que o trânsito caótico e a deficiência do transporte público nas cidades brasileiras são um grande problema para os terapeutas que precisam se deslocar para os eventos. Porém, quando há atrasos por parte do terapeuta há diversas consequências desagradáveis para todos os lados como, por exemplo:

  • O terapeuta não tem tempo suficiente para se alongar para iniciar as atividades
  • O terapeuta precisa iniciar os atendimentos às pressas
  • Os primeiros atendimentos são desmarcados e os horários acabam ficando desorganizados gerando o famoso efeito “bola de neve”
  • As pessoas que acabaram tendo seus horários desmarcados ficam chateadas e insatisfeitas
  • A consultoria perde a credibilidade com a empresa contratante
  • O terapeuta perde a credibilidade com a consultoria que o contratou

É sabido que por mais que nos esforcemos para cumprir nossos deveres, podemos nos atrasar. Para evitar as consequências citadas acima, sugerimos que o terapeuta:

  • Se programe para chegar com 30 a 40 minutos de antecedência do horário do primeiro atendimento
  • Trace a rota para o evento com antecedência e também trace rotas alternativas como prevenção em casos de trânsito ou greve do transporte público
  • Caso veja que irá se atrasar, ligue para a consultoria que o contratou para que ela avise a empresa sobre o imprevisto
  • Esteja sempre com o celular ligado para a fácil comunicação com a consultoria contratante

7 atitudes que o terapeuta deve evitar em eventos de massagem

Gosta muito de massagem? Então curta!

2. NÃO USAR ROUPA BRANCA

Quando estamos com a roupa branca, passamos certa tranquilidade para nossos clientes. Porém, sabemos que roupas brancas sujam muito fácil, custam um pouco mais do que roupas tradicionais, mas esta é a melhor vestimenta para usarmos em um evento e passarmos a credibilidade para nossos clientes como profissionais da área da saúde.

Alguns terapeutas têm o costume de irem com roupas casuais e colocarem a roupa branca no vestiário da empresa. Isto é uma alternativa para evitar chegar com a roupa suja, suada ou molhada, mas atenção, assim como a roupa para trabalho, tenha bom senso na escolha da roupa que você entrará nas dependências da empresa. Evite roupas transparentes, com decotes e apertadas que possam desviar a atenção dos funcionários.

3. ATENDER OU DIGITAR NO CELULAR DURANTE O ATENDIMENTO

Algumas atitudes que possam parecer simples para nós pode passar uma má impressão para quem vê o terapeuta trabalhar.

Em alguns eventos já pude observar cenas das quais “seriam cômicas se não fossem trágicas”.

Lembre-se sempre de colocar o seu celular no modo “vibrar” e jamais o atenda durante os atendimentos. Caso você esteja esperando alguma ligação importante, retorne o contato nos intervalos entre um atendimento e outro.

Evite também digitar durante os atendimentos. Seus clientes agradecem a atenção!

4. USAR FONES DE OUVIDOS DURANTE O ATENDIMENTO

Também já presenciei alguns terapeutas que durante os atendimentos utilizam fones de ouvido para ouvirem músicas relaxantes ou outros tipos de músicas.

Isto aos olhos do contratante pode parecer uma falta de interesse com o cliente.

Para se precaver você pode levar algum aparelho de som ou reproduzir músicas relaxantes no celular para que tanto você quanto seu cliente possam ouvir uma boa música durante o atendimento.

5. TRATAR COM INDIFERENÇA OS FUNCIONÁRIOS

A cordialidade não deveria ser um diferencial e sim uma questão de educação para com as outras pessoas. Portanto, trate todos os funcionários por igual, sejam eles diretores, gerentes, secretárias, área operacional, etc.

Você só tem a ganhar quando antes de iniciar o atendimento, você dar um bom dia, boa tarde ou boa noite para o cliente, se identificar com o seu nome e perguntar pelo o nome do cliente. Após finalizar a massagem, se despeça do cliente desejando novamente um bom dia, boa tarde ou boa noite sempre dizendo o nome de seu cliente. Isto mostra que você estava realmente atento durante o atendimento e sabe exatamente quem estava sendo atendido por você.

6. DISTRIBUIR CARTÕES DE VISITA

Eventos de Quick Massage e Reflexologia são ações mais comuns para trabalhos free lancers de terapeutas, mas se lembre de que quando você é convidado para estes eventos, você representa uma empresa e não está ali como autônomo. Portanto, deve seguir algumas recomendações da empresa contratante.

Ao finalizar um atendimento, não ofereça serviços particulares e nem ofereça seus cartões de visita. Porém, se a pessoa que acabou de receber a massagem lhe pedir seus contatos, não há problemas em lhe dar seus contatos. Só tente ser discreto para não atrapalhar o andamento do evento e parecer que você quer negociar trabalhos futuros durante o evento.

7. FALTA DE ÉTICA PROFISSIONAL

É comum também após um evento de sucesso, a empresa contratante demonstrar interesse em ter um programa fixo de massagem. Neste caso, você não deve negociar valores diretamente com a empresa e muito menos se oferecer para enviar um orçamento para um trabalho autônomo.

Com estas atitudes, você demonstra não respeitar a consultoria que lhe contratou e além de perder credibilidade com a consultoria e a empresa, você fica mal visto com outros terapeutas que podem não lhe indicar mais para eventos.

Geralmente quando uma empresa demonstra interesse no programa fixo de massagem, tanto a consultoria quanto a empresa tendem a escolher os mesmos terapeutas que realizaram o evento, para assim como foi na ação, o programa fixo ser um sucesso também.

Veja também: 6 dicas para melhorar seus resultados em eventos de massagem

CONCLUSÃO

Estas são algumas dicas que às vezes podem passar despercebido com o tempo, mas que farão a diferença na sua carreira como terapeuta. Pense nisto!

E VOCÊ? TEM ALGUMA DICA? DEIXE SEU COMENTÁRIO!

7 ATITUDES QUE O TERAPEUTA DEVE EVITAR EM EVENTOS DE MASSAGEM
3.82 (76.36%) 11 votes

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos!

66 Comentários em 7 ATITUDES QUE O TERAPEUTA DEVE EVITAR EM EVENTOS DE MASSAGEM

  1. Will disse:

    Muito bem colocadas as dicas, são de extrema importância ate para os contratoents , afim de padronizaem seus terapeutas e atendimentos.
    Cocordo plenamente com todas as dicas.

  2. Jana leal disse:

    Concordo em plenamente com tudo que foi escrito, lembrando que muitas empresas de eventos não se preocupa com a formação de seus colaboradores e por isso não pode exigir muito, pois contratam pessoas sem qualidade.

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Jana. Obrigado pelo seu comentário.
      Infelizmente isto é uma grande verdade. Muitas empresas não fazem nenhum tipo de seleção e acabam passando por alguns constrangimentos que poderia ser evitados.

      Abraços.

  3. Kátia Fernandes Costa disse:

    Muito boa todas as dicas….Como Massoterapeuta tentarei segui-las….Para um bom sucesso temos que pegar experiências de pessoas que já passaram por isso………

    • Rafael Lobo disse:

      Obrigado pelo comentário Kátia.
      Para alcançarmos sucesso em qualquer atividade, precisamos sempre ser humildes e aprender com nossos deslizes e experiências.
      Grande abraço.

  4. jociel balbino disse:

    Como profissionais da area da saude visamos o bem estar, mais a aqueles que so visao o dinheiro,O bom profissional e aquele que se dedica e faz uma logistica para assumir seus compromisos, assim nao prejudicando o contratante e nem o seu proprio contado e o que eu levo muito a serio prefiro chevar 2 horas ates do que 10 minutos depois e o que penso, falta mais responsabilidade por alguns terapeutas isso e fato..vc sabe.

    • Rafael Lobo disse:

      Muito bem colocado Jociel!
      As vezes o que acontece é o excesso de confiança por às vezes o terapeuta morar próximo ao local do evento e por algum imprevisto, seja por trânsito ou problemas com o transporte público, o terapeuta chega com atraso.
      O intuito deste artigo é justamente mostrar que com um “simples atraso”, todo um planejamento pode ir por “água abaixo”.

      Grande abraço!

  5. Kátia Franco disse:

    Olá, Rafael.
    Não discordo de nenhuma das dicas, e acho importante estas colocações. Prefiro acreditar que a maioria dos profissionais que cometem essas “gafes” o façam por falta de informação e experiência, e não por falta de ética. Desta forma, toda dica é sempre muito válida.
    Estas situações acontecem mesmo, e, embora possam parecer bobagens, o contratante está, sim, atento aos detalhes.
    Ética, educação, atenção, cordialidade, devem ser usados como traço de personalidade, na vida, não apenas na profissão.

    Mais uma dica: O corpo humano é extremamente complexo. Eu sugiro que os profissionais não considerassem a massoterapia um “bico” pra ganhar algum dinheiro em um período de necessidade, mas que se dedicassem e aprofundassem seus conhecimentos nessa máquina humana. Como é anatomicamente, como funciona, como reage a determinados estímulos, lesões ou abusos, etc… Os clientes ficam fascinados quando o profissional demonstra saber o que está fazendo, passa segurança, e as dicas que puder dar para a melhora da qualidade de vida dele no dia a dia.. certamente você será lembrado e diferenciado APÓS o evento… cumulativamente, no futuro, isso vai fazer MUITA diferença na carreira. Comigo foi assim.
    Dedicação é tudo.

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Kátia. Muito obrigado pelo seu comentário.
      Concordo plenamente com você na questão do terapeuta não usar os eventos como “bico”. Infelizmente estes não permanecem por muito tempo na profissão, porém, estes “deslizes” acabam prejudicando um trabalho de anos!
      Também concordo com relação ao estudo sobre a anatomia. Isso é fundamental, pois mesmo em eventos, lidamos com todo o tipo de pessoa. Não dá para realizar o mesmo atendimento para todos os presentes!

      Grande abraço.

  6. Kátia Fernandes Costa disse:

    obrigada pelas dicas…..serão de extrema importância para um futuro brilhante ….

  7. Sandra Daniel disse:

    Olá Rafael!
    Se você permitir vou tirar uma cola da sua publicação, e antes de começar um evento, vou passar para equipe. Apesar que adotei o seguinte critério, uniforme, todos chegam com sua calça e seu tênis, e eu entrego um quite,(blusa,laço de prender o cabelo e toalha para adequação – para adequar o cliente que esta com saia curta, ou blusa curta, e esta se sentindo desconfortável), assim a vestimenta, já esta quase resolvido.E os outros fatores e concientizar cada da um do certo e do errado, como foi falado creio que muitos erram por falta de conhecimento! Valeu mesmo!! Um abraço!!

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Sandra.
      Claro que pode “colar” esta publicação. O objetivo do site é justamente ajudar o mercado a se profissionalizar!

      Grande abraço!

  8. Gregório disse:

    Dicas perfeitas!Parabéns
    São coisas que deveriam vir de dentro da pessoa, afinal são puramente de “educação” e como tem muitos terapeutas com falta de senso e educação, chegamos ao ponto de ter de falar isso.
    Achei um absurdo quando fui fazer um evento e um terapeuta estava fazendo a massagem usando facebook no celular, e foi durante toda massagem. Falta de respeito total com o cliente.
    Abraço

    • Rafael Lobo disse:

      Obrigado pelo comentário Gregório.
      É realmente triste ter que abordar estas atitudes em um artigo, mas sabemos que é necessário pela infeliz realidade que vemos nos eventos de massagem.
      A esperança é que cada um faça uma avaliação de si mesmo e se pergunte: Como eu posso fazer a diferença?

      Abraços!

  9. Claudia Alves disse:

    Com certeza se essas dicas são seguidas corretamente, o sucesso será refletido aos 3 envolvidos, Massoterapeuta, Contratante e Consultor.

    Eu como Consultora prezo pelo bom profissional, qualificado e ético, pois sem isso é impossivel fazer um trabalho de sucesso.

    Parabéns pelo site!

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Claudia.
      Concordo plenamente com você!
      O objetivo deste artigo não é constranger ninguém e sim que todos os envolvidos sejam beneficiados (terapeuta, contratante e a consultoria).

      Abraços.

  10. Ana Selma C.S.Oliveira disse:

    Olá Rafael tudo bem?
    Achei muito boa a sua publicação principalmente para mim que sou nova na profissão, mas lembrando que apesar de ter só curso livre aprendi todas ou quase todas essas regras nas aulas de Ética. Porém é muito importante não deixarmos que caia no esquecimento da prática do dia a dia. Importante também foi o comentário que alguém deixou para que haja cada mas vez aperfeiçoamento da técnica pois é o diferencial de cada profissional como no meu caso pretendo fazer o Técnico e não parar de me atualizar pois esse trabalho é de extrema responsabilidade razão pela qual é necessário se especializar. Em suma a sua reportagem foi muito importante tanto para novatos como eu e até para veteranos que acabam por se acomodar com o tempo. Muito válido tb o comentário da colega que nos fala para estudarmos e atualizasse-mos sempre. Valeu…

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Ana. Obrigado pelo seu comentário.

      Com certeza mesmo o profissional com formação técnica não deve parar seus estudos.
      Como a Kátia comentou antes, o corpo é muito complexo e devemos estar em constante atualização!

      Boa sorte em sua caminhada!

      Abraços.

  11. ELAINE MACHADO MAIA disse:

    Obrigada, pelas dicas,foram muita válidas, apesar que na apostila que recebi vem todas essas informações, para fazer de nós um profissional completo. Abraços

    • Rafael Lobo disse:

      É sempre bom falar sobre ética Elaine, pois com o tempo podemos “afrouxar” um pouco algumas atitudes e prejudicarmos nossa imagem como terapeuta.
      Obrigado pelo seu comentário.

      Abraço.

  12. Monica Silva Bizarrias disse:

    Olá Rafael!
    Muito bom esse site Dicas de Massagem,está ficando incrivel parabéns.
    Mas infelizmente acho que essas dicas só deveriam ser passadas pra quem estar aprendendo, ou seja nos cursos. Porém nós sabemos que essas falhas acontecem muito com profissionais experientes.
    Então terapeutas vamos fazer reciclagem….
    Abraços

    • Rafael Lobo disse:

      Olá Mônica.
      Obrigado pelo seu comentário.

      Por mais que atuemos com eventos, é sempre importante algumas críticas, principalmente por darmos uma certa “relaxada” com o passar do tempo.
      As questões levantadas neste artigo são situações vividas por diversas consultorias que trabalham com eventos de quick massage e acabam tendo alguns probleminhas que podem ser solucionados com a reflexão dos terapeutas.

      Grande abraço!

  13. Miriam Pereira Lima Vieira disse:

    Adorei todas as dicas e já presencie muitas delas em eventos.

    • Rafael Lobo disse:

      Obrigado pelo comentário Miriam!
      Infelizmente, o artigo foi baseado em experiências que tive em eventos e acredito que o artigo possa ajudar muitos terapeutas que têm estas atitudes mas não os fazem por maldade e sim por nunca terem recebido este tipo de feedback.

      Abraço.

  14. João Carlos Gradella disse:

    todo terapeuta tem que ter antes de mais nada a discrição,
    e muita ética e procurar corresponder da melhor forma possivel.

  15. WANDERLEY STREFANO CARAPUNARLA disse:

    Dicas fundamentais, as quais sempre utilizei em minhas palestras.

  16. Boa Noite, Rafael !
    Primeiro de tudo quero te parabenizar pelos excelentes comentários.Não é por acaso que vc foi premiado.Achei muito boa a colocação que foi feita sobre a importância da formação, seja ela a nível técnico ou livre. Me formei em 2000 tb pelo Senac e hoje tenho uma escola de terapias aqui no Rio, a qual te convido a visitar. Nosso curso de massoterapia tem a duração de 6 meses e além da atenção a anatomia e fisiologia, o programa do curso tem entre outros itens, ética,postura, relações interpessoais, marketing e vivências em ambientes corporativos e tb trabalho social. Enfim,saem preparados para o mercado. Daí para frente,é estar no lugar certo, na hora certa e preparados, assim como vc. Será um prazer receber tua visita.
    Saúde e Paz !

  17. Ercilia Adelino Ramos disse:

    Adorei saber tudo isso, porque em tempos fui convidada a participar do evento TDX em Angola. A minha empresa montou la o cenário todo e as massagens era grátis, devo ter feito mais de 50 massagem neste dia, foi super bom estar la e dar o meu melhor, apesar de ter ficado muito cansada adorei. Eram de 5 minutos cada, calei um pouco do meu trabalho, dei os cartões de visita que levei. Uma semana depois recebo o convite pra trabalhar ao fim de semana num risort lindo que temos ca. Aceitei logo. CONCLUSAO UM TARAPEUTA BEM COMPORTADO TERA SEMPRE TRABALH NA SUA AGENDA BJ….

  18. Aurelliano disse:

    Com 20 anos de experiência, nada mais me surpreende em relação as atitudes desastrosas daqueles que estão manchando a profissão e, se denominam profissionais. Acho que a profissão já passou da hora de ser regulamentada e assim, separar o joio do trigo, definitivamente!
    grato

  19. Isabela disse:

    Acho válido colocar música relaxante, mas com algum aparelho de som, porque pode tocar o celular no meio da massagem e interromper a música o que acaba com o relaxamento do cliente. :)

  20. Maria Souza Lopes disse:

    gostaria de receber dicas de enformações de massagem relaxante gostei.
    gostei muito

  21. Wellington Alves disse:

    Olá Rafael!
    Sou proprietário da OAPCE e acabei conhecendo este seu trabalho por conta de uma masso que nos enviou um cv por sua indicação.

    Parabéns pelo artigo, as dicas são ótimas! Além do importante trabalho de valorizar a formação em cursos técnicos. Infelizmente o mercado de massagem em empresas tem sofrido com uma concorrência predatória e insustentável. O resultado é que os massoterapeutas que investiram no curso técnico acabam pagando o pato.

    Gostei muito do seu trabalho, quando quiser trocar umas idéias é só falar. Abraços e até mais!

  22. Portal Visao disse:

    Amigo belo trabalho.

  23. Romário disse:

    Muito boa dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *