DIFERENÇA ENTRE MASSOTERAPIA E FISIOTERAPIA

Conheça a diferença entre estas duas profissões que tem como objetivo em comum a promoção da saúde em geral

Você sabe qual a diferença entre massoterapia e fisioterapia?

Se você for um profissional da área é bem provável que saiba a diferença entre fisioterapia e massoterapia, porém, para o público leigo em geral, há diversas dúvidas que envolvem estas duas profissões. Portanto, neste artigo, iremos conhecê-las melhor, entender suas indicações e quais seus objetivos em geral!

O QUE É MASSOTERAPIA?

Como abordamos no artigo “O que é massoterapia”, a massoterapia é um conjunto de técnicas de massagens de origem ocidental e oriental e se tornou um grande aliado no combate do estresse da vida moderna e uma poderosa ferramenta na promoção da saúde e qualidade de vida.

Não é possível comprovar a origem da massoterapia, mas algumas práticas de massagem são datadas desde 300 A.C.

O massoterapeuta é um profissional da saúde e tem a formação técnica de 1200 horas onde aprende diversas técnicas de massagens orientais e ocidentais e utiliza suas mãos como principal ferramenta de promoção da saúde.

Gosta muito de massagem? Então curta!

massoterapia

QUAL A INDICAÇÃO DA MASSOTERAPIA?

A massoterapia é indicada como complemento em diversos tratamentos de doenças, mas principalmente indicada para a prevenção de doenças e promoção da qualidade de vida através de massagens.

Como citado no artigo “benefícios da massagem”, a massagem combate o estresse da vida moderna, mas seus objetivos vão muito além de relaxamento. Vale a pena também a leitura deste artigo!

O QUE É FISIOTERAPIA?

Como abordado no artigo “o que é fisioterapia”, o profissional fisioterapeuta é fundamental para nossa sociedade, pois também atuam na prevenção, manutenção e promoção da saúde e reabilitação.

O fisioterapeuta é um profissional com formação acadêmica superior de 4 anos e tem a reabilitação do ser humano o seu principal foco e objetivo, utilizando recursos físicos para o tratamento e reabilitação de seus pacientes.

fisioterapia

QUAL A INDICAÇÃO DA FISIOTERAPIA?

A fisioterapia é indicada na reabilitação do ser humano, tornando-os aptos ao retorno de suas atividades do dia a dia que às vezes são prejudicados devido a doenças, alterações genéticas, acidentes traumáticos, entre outras situações.

Veja também: Diferença entre quiropraxia e massoterapia

CONCLUSÃO

É muito comum em fóruns de redes sociais vermos alguns questionamentos sobre o que é melhor, fisioterapia ou massoterapia?

Na verdade não há uma resposta pronta para esta pergunta. A melhor resposta na verdade seria: Depende!

Por mais que alguns objetivos finais sejam comuns entre a massoterapia e a fisioterapia, o meio utilizado para a promoção da saúde é diferente, pois enquanto o massoterapeuta utiliza suas mãos como ferramenta, o fisioterapeuta pode também utilizar o recurso da massagem, mas é mais comum utilizar recursos físicos e aparelhos para a reabilitação.

Não há como negar que a formação de um fisioterapeuta é bem mais completa de que um massoterapeuta no que envolve conteúdo técnico sobre o funcionamento do corpo humano. Porém, em relação ao conhecimento prático da massagem em si, o massoterapeuta possui uma formação muito maior que um fisioterapeuta.

Mais do que explicar sobre a diferença entre massoterapia e fisioterapia, nosso principal objetivo com este artigo é mostrar que as duas profissões são extremamente fundamentais para nossa sociedade e que cada profissional tem o seu devido espaço e reconhecimento junto às pessoas.

E VOCÊ, CONHECIA A DIFERENÇA ENTRE FISIOTERAPIA E MASSOTERAPIA?

DIFERENÇA ENTRE MASSOTERAPIA E FISIOTERAPIA
4.43 (88.57%) 14 votes

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos!

45 Comentários em DIFERENÇA ENTRE MASSOTERAPIA E FISIOTERAPIA

  1. Alvaro André disse:

    Inexiste diferença entre fisioterapia por INEXISTIR semelhança entre as profissões. Uma é de nível técnico, secundário. Outra (fisioterapia) de nível superior. E,durante a formação de ambas, inexiste disciplina que as façam tornar parecidas. O simples utilizar das mãos, também é feito por motorista, cozinheira, etc…vamos parar de falar bobagem pessoal. Fisioterapia é PARTE DA MEDICINA responsável pela reabilitação física do indivíduo; massagem é UMA CONDUTA MANUAL para promover relaxamento físico e mental do indívíduo.

    • Elaine Ramos disse:

      Lamentável seu comentário. A frase “vamos parar de falar bobagem pessoal” é para você mesmo, pois é sabido que no curso da Fisioterapia existe uma disciplina chamada Terapias Alternativas onde os fisioterapeutas entram em contato com algumas técnicas de massagem, entre elas, o shiatzu. No entanto, é muito pouco para se acharem especialistas na área de massagem, tal especialidade só é dada se fizer especialização reconhecida pelo CREFITO. O especialista em massagem é o Massoterapeuta que está em desvantagem com o fisioterapeuta apenas por falta de boa vontade das autoridades que ainda não liberaram um curso superior na área, por isso temos apenas o técnico (nível médio). Matéria e conteúdo para termos um superior não falta, mesmo porque a massagem existe desde que o ser humano pisou na Terra, visto que sempre que uma mãe passa a mão no bracinho do filho ou massageia a barriguinha dele, ela está fazendo massagem. Como foi bem colocado em outros posts neste site, há indícios de massagem há milhares de anos, até mesmo antes de Cristo. E a Fisioterapia? Ela foi criada logo após a II Guerra Mundial (1945) para tentar recuperar e reabilitar os feridos e mutilados durante a guerra, portanto é uma ciência recente. Os fisioterapeutas inteligentes trabalham em parceria com os massoterapeutas, pois sabem que a massagem é bem mais que uma conduta manual, são profissionais bem informados e que respeitam outros profissionais, o que não é o caso deste Álvaro André que entra num site de massagem, feito para massoterapeutas e tem a ousadia de falar mal da nossa profissão, demonstrando falta de respeito e educação. Eu trabalho com massagem, tenho cliente fisioterapeuta que me envia outros clientes, pois ele sabe o quanto meu trabalho pode contribuir pra melhorar a qualidade de vida do cliente dele. Pena que nem todos os fisioterapeutas tem esta postura. Nós, profissionais da massagem, temos que ter orgulho do que fazemos e não devemos permitir que esses fisioterapeutas arrogantes façam pouco de nossa profissão, pois ela é muito nobre e merece ser devidamente valorizada.

    • Iuri disse:

      Massoterapia é um curso da área da saúde voltado para aplicação de técnicas de massagem com objetivo de relaxar e prevenir doenças físicas muscular/circulatória e psicológicas. Fisioterapia é um curso da área das Ciências da Saúde e Biológicas, está no ramo da Medicina, e o paciente precisa da indicação de um Médico Especialista ou Geral para realizar tratamento fisioterápico. É UMA ÁREA TOTALMENTE RELACIONADA COM A MEDICINA. Técnico em Massoterapia é um profissional mais relacionado com estética e ergonomia e até lazer. Podemos colocar o técnico massoterapeuta na área de educação física, embora ele não trabalha com educação ou treinamento. Mas tem algumas semelhanças em se tratando de atividade pós-esportiva e melhoramento/revigor físico.

  2. Leoenl disse:

    A principal diferença entre um outro profissional é no amor com que cada um se dedica a profissão que escolheu.

  3. Biviana disse:

    No meu entender A fisioterapia e a massoterapia são dois tipos de tratamentos que deveriam ir juntas para poder proporcionar um melhor resultado ao tratamento e alivio ao paciente . Fico com pena de ver como ainda existe essa rivalidade entre ambos profissionais que deveriam ser parceiros . Sou massoterapeuta e gosto de tratar as pessoas que chegam ate mim com algum tipo de desconforto e sempre que eu veja que não cabe a mim o tratamento o encaminho para um fisioterapeuta si for o caso. Debemos lembrar que estamos em uma profissão que se encarrega de cuidar pessoas e não produtos de comercio. Respeito muito os colegas massoterapeutas e fisioterapeutas mas não concordo na rivalidade absurda de abas profissões sem lembrar que ambos trabalhas com PESSOAS QUE DEBEMOS CUIDAR E ALIVIAR A SUA DOR e não objetos que serve para gerar dinheiro.

  4. maria de lourdes disse:

    Li o artigo e gostei da informação ,foi muito útil para mim e, gostei também do comentário da Bianca, pois eu faço fisioterapia estou no 4° ano e, decidi fazer o curso técnico de massoterapia para ter mais conhecimento e promover um trabalho melhor ao meu paciente.Sobre os cosméticos tem toda razão, trabalhei em uma clinica e vi que só se preocupava com a venda de pacotes e produtos e não com o que o paciente tem ,realmente tem muitos profissional na areia mas ñ sabe trabalhar, vão mais pelo o dinheiro ,do que o tratamento físico e menta do paciente.

  5. Lidiane castro disse:

    Sou masso terapeuta e já tratei várias pessoas na qual já passou por vários fisioterapeuta e não deu jeito ,nos trabalhas com as mãos sim e te garanto uma boa massagem nos pontos certos vale mais do que certos aparelhos de fisioterapia , amo minha profissão pq cuido das pessoas com amor e carinho isso faz com que elas tenham força de vontade de viver a cada dia.

  6. Bravo!!! disse:

    Excelente artigo!

  7. marco disse:

    Cabe aqui ressaltar para quem não sabe a, massoterapia, não é só curso técnico, hoje existe a pós graduação em massoterapia de extensão em nível superior.
    Eu sou pós graduado em massoterapia e naturopata pelo Instituto INESP faculdade de Jacareí.

  8. Maria Silva disse:

    Gente, to querendo entrar nesse ramo. Acho muito interessante! Estou precisando muito trabalhar e tbm quero ter uma profissão. Gosto muito da área de Educação mas aos 42 anos, fora do mercado de trabalho, sem experiência alguma não tenho mais tanto tempo. Preciso de algo que me dê retorno financeiro logo e que eu possa de alguma forma ajudar as pessoas e me realizar profissionalmente. E aí, quem tá na área me recomenda? Vale a pena?
    Obg

  9. VALDINEIA CILENE de oliveira disse:

    Concordo com o seu comentário Elaine, pois eu sou Massoterapeuta desde 1999 e já fui muito perseguida por profissionais como esse Álvaro que não se conformava em ser trocados por um Massoterapeuta como nós e concordo tbm qdo vc diz que o governo ou educação deveria olhar com carinho e derrubar essa barreira que impede de aceitar que nós tenhamos formação superior temos esse direito se o tecnico de enfermagem tem ensino superior o esteticista tbém porque não o Massoterapeuta? Adorei seu comentário e que isso sirva para outros Álvaros da vida tenham mais respeito com a nossa profissão que é milenar

  10. duda massoterapeuta esteticista disse:

    ser massoterapeuta e muito bom conhecer o corpo humano e uma dadiva de deusa massagem e como muito cuidado para seus clientes se sentir bem e voltar em sua clinica
    minhas massagem e para relaxar bem

  11. duda massoterapeuta esteticista disse:

    ser massoterapeuta e muito bom conhecer o corpo humano e uma dadiva de deusa massagem e muito importante para a aria da saude
    minhas massagem e para relaxar bem

  12. Renato Marreira Veras disse:

    Quero antes de tudo parabenizar o autor do site pela iniciativa em prestar informações relevantes ao público.

    Bem, tenho lido muitas considerações acerca da massoterapia, sua definição e área de atuação, que nossa formação é precária devido ao nível ser técnico e não superior, e outras coisas.

    Vamos por partes

    O que é fisioterapia?

    Terapia e profissão que surgiu em 1920, na Europa, devido a necessidade de um profissional que auxiliasse o médico na reabilitação ortopédica de soldados durante a primeira grande guerra mundial. Iniciou dando ênfase a cinesioterapia como forma de tratamento, além de alguns recursos, mas hoje trabalha também com prevenção. Sua filosofia de campo no tratamento é a medicina alopata, que focaliza o tratamento da doença. Jamais tratou de reabilitação física, pois esta atividade pertence a educação física.

    No Brasil a fisioterapia foi criada como profissão em 1969, data de sua regulamentação.

    A massoterapia

    A massagem como terapia: Nasceu na Antiga Grécia, sendo denominada anatrypsis, sendo usada para fins médicos, rendimento esportivo e saúde preventiva no cotidiano. Teve suas técnicas ampliadas pelo médico francês Ambroise Parè e foi definitivamente organizada em métodos pelo professor Pehr henrik Ling, na Suécia. Durante o século XX houve muita evolução da massagem, novas técnicas e métodos foram criados com uma visão científica e sempre focada no atendimento a saúde de pacientes.

    A massagem como profissão: O massoterapeuta é derivado do antigo profissional da massagem denominada auxiliar de massagem, ou simplesmente massagista. Tinha como função auxiliar o massagista médico no tratamento de pacientes, atletas e como medida preventiva.
    Quando a medicina largou a massagem, esta permaneceu a cargo do auxiliar, que passou a ser chamado de massoterapeuta; no exterior desde a época de Parè e de Ling na Europa já existia esse tipo de profissional. No Brasil, este auxiliar atua desde 1890. Sua regulamentação no Brasil se deu em 1961.

    A filosofia de campo no tratamento a saúde é a medicina naturopata, que enfatiza o vitalismo e o tratamento de disfunções.

    O massoterapeuta é um profissional da ciência da saúde, pois massagem não é empírica e nem para bem estar ou estética.

    Renato Marreira Veras

    Massoterapeuta Técnico com registro na SUVISA/SES-RJ.

    http://www.abramc.org.br

  13. Jorge Gomes disse:

    Sou fisioterapeuta, coordeno a reabilitação do Projeto Mais, no Hospital Federal do Andaraí, no Rio de Janeiro, minha equipe é composta de massoterapeuta e terapeutas alternativos, todos se respeitam e se complementam, temos obtido resultados excelentes junto aos idosos, nosso público alvo.
    Ambas as profissões em questão, devem “andar de mãos dadas”, em prol dos pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *