DRENAGEM LINFÁTICA: INDICACÕES E CONTRAINDICAÇÕES

Saiba quando a drenagem é indicada e contraindicada

A drenagem linfática é uma técnica de massagem que já abordamos aqui em nosso blog e que, além de tantos outros benefícios, como ajudar a combater a celulite, ajudar na eliminação de toxinas e ser uma excelente ferramenta no processo de emagrecimento, por exemplo, é indicada para tantos outros casos, principalmente em clientes em estados pós-operatório.

Apesar dos benefícios que a técnica, quando bem aplicada traz, o profissional deve prestar atenção nas indicações e contraindicações da drenagem linfática antes de aplicar no cliente.

QUAL A IMPORTÂNCIA DESTE TIPO DE CONHECIMENTO?

Podemos definir a circulação linfática do nosso corpo como um meio de transporte.

Durante a sessão de drenagem linfática, o sistema linfático é estimulado, inclusive promovendo a diurese pelos rins. Isto é um grande benefício, pois promove a eliminação de resíduos metabólicos e toxinas.

Antes de iniciar a sessão de drenagem é fundamental que o terapeuta tenha feito uma excelente avaliação de seu cliente, pois agentes infecciosos como fungos, vírus e bactérias, também são transportados durante a estimulação do sistema linfático. Surge então, a necessidade de conhecermos a fundo as indicações e contraindicações da drenagem linfática.

Indicações e contraindicações da drenagem linfática

INDICAÇÕES DA DRENAGEM LINFÁTICA

As sessões de drenagem linfática são indicadas para: redução de edemas e linfedemas, fibro edema gelóide e lipoesclerose, insuficiência venosa crônica, cefaleias, nevralgias, edemas gestacionais, síndrome pré-menstrual, mastalgia, fadiga, dores nas pernas e desconforto pélvico, irritabilidade, ansiedade, tratamento pós-cirurgia plástica, rinites, sinusites, faringites entre outros.

CONTRAINDICAÇÕES DA DRENAGEM LINFÁTICA

As sessões de drenagem linfática são contraindicadas nos seguintes casos: pessoas com câncer, tumores malignos, tuberculose, infecções e processos inflamatórios agudos, edemas oriundos de insuficiências renais, hepáticas ou cardíacas não controladas, trombose venosa profunda, insuficiência cardíaca congestiva, hipertireoidismo, entre outros.

CONCLUSÃO

Geralmente, a drenagem linfática é muito procurada como uma técnica com finalidades estéticas para diminuição da celulite e perda de peso. Por isso, é fundamental sempre que você procure um profissional com ótima formação (vale a pena até conferir os diplomas do profissional) e com experiência. Somente desta forma você irá colher todos os benefícios que a drenagem pode lhe proporcionar.

E VOCÊ? CONHECIA ESTAS INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES? COMENTE!

DRENAGEM LINFÁTICA: INDICACÕES E CONTRAINDICAÇÕES 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos!

10 Comentários em DRENAGEM LINFÁTICA: INDICACÕES E CONTRAINDICAÇÕES

  1. RILZA BANDEIRA GOMES disse:

    é bom sempre está falando sobre drenagem linfatica,para as pessoas estar ciente o que é nosso trabalho fica divulgado e explicado

  2. Telma disse:

    Olá,
    fiquei curiosa para saber o porquê da contraindicação da drenagem linfática para pessoas com certos problemas, incluindo câncer. Qual o mal que causa?
    Obrigada pela resposta.

  3. Tania disse:

    Olá, boa noite!

    uma pessoa com Esteatose hepática grau II que tenha passado por uma cirurgia de cálculo na vesícula, há 2 anos, pode se submeter a Técnica de Drenagem Linfática manual?

    obrigada!

    Tania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *